Com certeza você já deve saber que fazer dropshipping realmente vale a pena. 

Agora é a hora de colocar a mão na massa e iniciar o seu negócio próprio sem estoque e com baixíssimo investimento.

Iniciar uma loja virtual fazendo dropshipping não é nenhum bicho de sete cabeças. Isso não quer dizer que você não terá trabalho.

Por isso você precisa se preparar e estudar.

Tenho certeza de que você já se deparou, até mesmo comprou algo na internet de lojas que usam o dropshipping como estratégia.

É, você não deve nem ter percebido!

Por isso chamamos os fornecedores, ou dropshippers, de canais invisíveis dentro do processo. Eles nunca aparecerão e você será sempre a interface com o seu cliente.

Considerando isso, você passa a ser o intermediário entre o cliente e o fornecedor, por isso não precisa investir um centavo sequer em estoques!

Se você ainda não sabe tudo sobre o que é dropshipping, é importante conhecer como funciona.

Fique tranquilo (a)!

Já preparamos tudo o que você precisa aqui: O que é Dropshipping e Como Funciona

Para começar já a trabalhar com dropshipping, é importante você seguir os passos e garantir o sucesso da sua loja virtual.

negocioem21diasbanner

Passo 1: O Que Vem Primeiro? Nicho ou Público?

Nicho de Mercado

Você deve estar pensando… Que pergunta estúpida!

Pois é! Na verdade, muita gente pensa.

Garanto que aqui a resposta pode ser DEPENDE!

Se você já tem um público definido e já interage com ele está um passo à frente da maioria!

Você precisa começar analisando mais a fundo do que esse público gosta, como ele compra ou pesquisa, quais são suas dores, e então, oferecer algum produto que satisfaça suas necessidades.

Se você ainda não tem um público definido, começar analisando o nicho é uma melhor ideia.

Independente por onde se comece, as duas coisas serão necessárias para que você tenha claro o seu objetivo e implemente isso na sua loja virtual.

Conhecer hábitos do seu público potencial também pode ajudar a encontrar necessidades não atendidas.

Saiba tudo sobre seu público!

Você vai ver que depois disso as outras tarefas serão bem mais simples!

O Que é um Nicho e Como Escolher

Encontrar um nicho inexplorado é quase como ganhar na loteria.

Eu disse quase!

Ganhar na loteria é bem mais difícil!

O nicho é uma parcela do mercado que ainda não foi atendida plenamente ou, com muita sorte, não foi nada atendida.

Encontrar um nicho não é tarefa fácil, no entanto, não é impossível chegar a nichos extremamente rentáveis.

Aqui a tarefa é a pesquisa e a análise do seu público.

Vou dar um exemplo:

Imagine que você mora em uma cidade pequena e não existam farmácias que façam entregas ou vendas online.

Isso é um nicho!!

Você encontrou uma parte do mercado não atendido completamente por determinado público.

Neste caso, o nicho é basicamente uma segmentação geográfica.

Este foi um pequeno exemplo e sua tarefa agora é abrir a mente e pensar em possibilidades que possam se tornar negócios.

Navegar pela internet vai te ajudar bastante.

Encontrar um nicho que você se identifique também pode facilitar a vida quando você começar a fazer a propagando do seu negócio.

Comece também a prestar atenção quando fizer buscas na web. Vai perceber que algumas vezes você não consegue respostas para o que procura.

Quem sabe aí não mora a oportunidade que você busca para o seu negócio dropshipping.

Passo 2: Como Escolher os Melhores Produtos no Dropshipping

Você já passou pela tarefa mais difícil.

Encontrar o nicho e saber exatamente do que seu público precisa.

A partir dessas informações você começa a definir a sua lista de produtos ou pode optar por uma loja virtual de produto único.

Não tenha medo de arriscar, mas não comece com muitos itens.

Pense que você não tem nenhum custo com estoque no dropshipping, então tem muita liberdade para testar, porém muitos itens podem causar confusão para quem está começando.

Dar uma espiada no Google Trends é uma ótima tática para saber se as pessoas estão perdendo o interesse no produto no decorrer do tempo.

Se lembra da febre do Hand Spinner?

Olha só que interessante ver isso no Google Trends:

Pesquisa de tendencia para dropshipping

Assim como aqui temos uma baixa no interesse, podemos pegar itens que estão crescendo repentinamente e aproveitar essa onda.

Acompanhar as tendências de mercado também ajuda na escolha dos produtos. Alguns canais são referência:

Alguns cuidados são importantes para evitar problemas e reclamações.

Leve em conta alguns critérios para ter os melhores produtos na sua loja dropshipping:

Cuidado com produtos sensíveis

Se um produto quebra no envio o cliente entrará em contato com você. Evite esse problema ou tenha um plano para o caso disso acontecer.

Teste o produto

Se você tem dúvida sobre a qualidade de um produto, mas acha que pode ser interessante para o seu público, teste!

Compre um e veja se realmente vale a pena.

Avalie o preço da concorrência

É importante conhecer quais outras lojas vendem o seu produto e qual o preço praticado.

Não só no dropshipping, o preço é um fator de decisão na hora da compra e que pode boicotar a sua venda.

Cuidado com produtos falsificados

Produtos falsificados são ilegais. Cuidado!

Potencial de escalar

Hoje você está começando, porém você precisa pensar no caso do seu produto fazer muito sucesso.

Escolha produtos que tenham potencial de gerar muitas vendas sem ficarem esgotados.

Analise o peso e o volume da embalagem

O peso e o volume de um pacote podem inviabilizar a sua venda no dropshipping. Leve isso em consideração quando estiver analisando os produtos.

 

Passo 3: Escolha os Melhores Fornecedores de Dropshipping para Seu Negócio

A primeira coisa importante para escolher os melhores fornecedores para você trabalhar é encontra-los!

Aposto que você riu!

Eu também!

Brincadeiras à parte, esta tarefa é incrivelmente trabalhosa.

Por mais que a internet te dê a chance de buscar os fabricantes, distribuidores ou revendedores, nem todos são fáceis de encontrar.

Na verdade, se tirarmos aqueles que você já vai conhecer aqui, outros tantos são encontrados com muita navegação e garimpagem.

Você também pode ficar feliz da vida ao encontrar determinado fornecedor, e depois perceber que ele não está preparado para atender um e-commerce que usa dropshipping.

Não se apavore!

Já garimpamos tudo sobre como encontrar os melhores fornecedores dropshipping para você!

Não se esqueça de conferir aqui: Como encontrar os melhores fornecedores dropshipping nacional e internacional

Passo 4: Estudar (Muito) a Concorrência

Saber o que seus concorrentes estão fazendo é uma das maneiras de você se colocar à frente e criar novas estratégias de vendas e de marketing.

Ter algum diferencial te dá uma vantagem competitiva e, consequentemente, mais vendas!

Para saber como anda a sua concorrência, acompanhe cada passo.

  • Analise as redes sociais: como anda o engajamento, quais são as postagens feitas, quantas vezes por semana, quais são os comentários.
  • Comentários como seus aliados: reclamações, sugestões e elogios são indicadores incríveis para você. Pode ser uma indicação de algo que falta ou algo que os clientes gostam. Seja qual for, você precisa saber.
  • Navegue pelo ReclameAqui: esta é uma fonte rica de feedbacks para o seu e-commerce dropshipping. Lá estão vários dos problemas mais comuns que o seu público encontra.

Você também pode vasculhar fóruns, blogs que fazem review de produtos ou os grandes e-commerce para saber o que as pessoas andam falando.

Tudo que conseguir juntar de informação te ajudará em suas estratégias de vendas, na escolha dos produtos e até mesmo quando for fazer suas campanhas no marketing digital.

Passo 5: Saiba Como é a Tributação no Dropshipping

Você vai encontrar muitas informações na internet, mas nada concreto e fácil de entender.

Consultamos alguns especialistas contábeis e não há unanimidade quando falamos sobre a tributação no dropshipping.

Tudo porque não há lei que regularize este modelo de negócio com o dropshipping!

Isto não quer dizer que o dropshipping seja ilegal.

Apesar de não haver lei específica, você pode usar o dropshipping e recolher os impostos, fazendo com que o seu negócio seja completamente legal.

Para calcular os impostos você precisará definir se quer trabalhar com Dropshipping Nacional ou Dropshipping Internacional.

Fornecedores internacionais poderão ser taxados durante a chegada do produto ainda na alfândega brasileira e, apesar de não impactar o seu cliente, você deve levar isso em consideração na hora de fazer o seu preço de venda.

Falamos bastante sobre os riscos, dicas, detalhes e segredos do dropshipping aqui.

negocioem21diasbanner

Qual CNAE Usar no Dropshipping?

CNAE 7490-1/04 (Intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliário)

Ressaltamos que não há lei específica para o negócio de dropshipping ainda, e, portanto, estas são as sugestões dadas pelos contadores mais experientes no ramo de dropshipping.

Passo 6: Quanto Custa Montar uma Loja Virtual com Dropshipping?

Custo de uma loja dropshipping

Está é uma pergunta que com certeza passa na cabeça de todos os empreendedores que ainda não começaram a trabalhar com dropshipping.

E já te falo… Não há resposta certa… Nem valor exato!

Os custos podem variar muito, dependendo da plataforma que você escolhe, como constrói sua loja virtual, como quer fazer suas campanhas de marketing, etc.

Porém, para que você tenha apenas ideia dos valores e não fique sem resposta, vamos fazer uma simulação com um dos modelos mais comuns de lojas virtuais para trabalhar com dropshipping.

Lembre-se, estes valores podem variar bastante!

Vamos simular uma loja criada na Shopify, com domínio comprado em outro provedor.

Domínio para a sua loja

Um domínio normalmente tem um custo anual na faixa de R$29 no primeiro ano, podendo variar entre R$15 e R$99, na maioria dos casos.

O domínio será o nome do seu site, como o meu www.carreiraeempreendedorismo.com.

Domínios especiais podem custar mais caro, chegando a R$129 por ano ou mais.

Cada provedor também tem um valor diferente para o mesmo domínio. Então vale a pena pesquisar!

Custo: R$49 por ano

Hospedagem

A hospedagem segue o modelo do domínio e é ainda mais variável.

Dependendo do provedor e do plano que você escolher, você pode pagar de R$60 a R$1.500 por ano.

Vale o cuidado na hora de escolher planos muitos baratos.

Em muitos casos os provedores dão 80% de desconto no primeiro ano. Quando você recebe a fatura no 2º ano pode levar um susto.

O famoso barato que sai caro.

Trocar uma hospedagem não é algo tão simples assim.

Porém, para o nosso exemplo, estamos usando a Shopify que não tem custo de hospedagem.

Custo: R$0

Criação de Logotipo

Se quiser sua loja com uma carinha mais profissional, criar uma identidade é algo importante.

Contratar um freelancer em plataformas como Workana pode custar entre R$15 e R$200.

Na Shopify você pode criar seu logo usando a ferramenta gratuita de criação de logos.

Custo: R$30

Plataforma de Criação da Loja Virtual para Dropshipping

Apesar das plataformas, como a Shopify, não serem obrigatórias, elas podem facilitar a vida de quem ainda não tem experiência com e-commerce e dropshipping, porque já trazem muitas informações pré definidas.

Também pode facilitar o monitoramento dos pedidos de clientes e fornecedores, dependendo dos aplicativos que você escolhe.

Você tem total liberdade de criar sua loja dropshipping sozinho.

Só precisa se organizar para não se perder no processo.

Custo: ~R$115 (US$29) por mês

A Shopify ainda tem centenas de apps, alguns grátis e outros pagos.

Um deles é o Oberlo, que traz a facilidade de disponibilizar milhares de produtos para você escolher e vender através do dropshipping.

A ferramenta é grátis para até 50 pedidos por mês, depois disso pode custar US$29,90 por mês para até 500 pedidos ou US$79,90 por mês no plano ilimitado.

Esses são os custos básicos para iniciar.

Temos então o custo de R$194 no primeiro mês, com o lançamento da loja e, depois, um custo fixo em torno de R$115 por mês (US$29).

Assim, no ano investiremos R$1.459,00.

Caso você pretenda fazer campanhas de marketing e divulgar a sua loja, é necessário incluir essa despesa nos seus planos.

Passo 7: Crie sua Loja Virtual para Trabalhar com Dropshipping

Existem algumas ferramentas que ajudam na tarefa de criar um e-commerce e começar a vender através do dropshipping.

Separamos uma lista de ferramentas e plataformas para criar lojas dropshipping:

Shopify

Cria sua loja virtual com ferramentas simples. É possível testar gratuitamente por 14 dias.

Pode usar o Oberlo trazendo uma variedade de produtos que você pode escolher e vender diretamente na sua loja virtual.

BigCommerce

Parecida com a Shopify, você constrói a sua loja virtual usando dropshipping através de plugins.

Midhaz

Totalmente voltada para o dropshipping, sua proposta é você não precisar de CNPJ até você lucrar mais 2 mil reais por 3 meses consecutivos.

Também tem um catálogo de produtos para trabalhar com dropshipping, onde você escolhe o item e disponibiliza na loja virtual criada na própria plataforma.

Squid Fácil

Foi um dos primeiros gateways de fornecimento e conciliação atacadista de produtos direcionado para lojas virtuais ou lojistas de redes sociais, totalmente online do Brasil.

O sistema é conectado diretamente com os estoques dos fornecedores em tempo real.

Tem um plugin especial para quem quer trabalhar com a AliExpress.

WDNA

A WDNA é integrada com o sistema de grandes distribuidoras, permitindo que sua loja visualize os estoques e disponibilize no seu site.

Faz a criação da sua loja virtual sob demanda.

Angage

Espiona a concorrência, analisa produtos mais vendidos no mercado e pode ser integrada à lojas Shopify e BigCommerce.

Bem interessante para quando você estiver num nível mais avançado, porém custa US$20por mês no plano básico.

XTechCommerce

Integra sua loja ao All Integra, que fará a integração com o gateway de fornecimento Squid Fácil.

DSLite

Integração do estoque do fornecedor de dropshipping Hayamax com qualquer loja através de API.

negocioem21diasbanner

Passo 8: Fazer, Analisar, Medir, Corrigir, Repetir

A melhor maneira de medir o sucesso de um negócio é acompanhar e corrigir em tempo, sempre que necessário.

Muitos dos pequenos empreendedores, inclusive os que trabalham com dropshipping, não têm o costume de analisar suas ações e assim só sabem se tiveram sucesso quando geram algumas vendas.

Acontece que, apenas gerar vendas não é sinônimo de sucesso.

Claro que é o primeiro grande passo!

Só que existe muito mais por trás das vendas.

Se você aprender e exercitar o que estamos colocando aqui, você estará na frente de muitos (mesmo!) brasileiros que começam uma loja virtual usando o dropshipping e desistem no meio do caminho.

Saber analisar suas ações, medir seus resultados, corrigi-los no tempo certo e sempre que necessário, te coloca num looping da prosperidade.

Isto quer dizer que não haverá tempo para que muita coisa dê errado, já que você estará monitorando e corrigindo tudo que envolve o seu negócio.

Para que isso dê certo, crie rotinas, objetivos e metas.

Assim ficará bem mais fácil de você saber onde está e onde quer chegar.

Conheça algumas lojas brasileiras criadas no Shopify que fazem sucesso e use para se inspirar!

Mais um pouquinho de inspiração.

Aqui você encontra algumas lojas virtuais com mais de 5000 visitas por dia (sim! por dia!) de acordo com MyIp.ms:

Agora que você tem tudo o que precisa para trabalhar com dropshipping é só começar!

Muito sucesso e nos conte aqui como foi a sua experiência!

Abraços,

-Renan

Portal Carreira e Empreendedorismo

negocioem21diasbanner